- Notícias

Ranking ABAD/Nielsen traz mudanças no questionário em 2021

A equipe responsável pelo Ranking ABAD/Nielsen fez algumas mudanças no questionário para 2021. Serão alterações sutis para melhorar as análises e trazer um retrato ainda mais fiel do setor, com dados relevantes para toda a cadeia de abastecimento no país. Realizada anualmente, a pesquisa do Ranking permite acompanhar a evolução das empresas, o crescimento nos diversos estados e as tendências do setor como um todo. Em 2020, foram 667 respondentes.

As alterações no questionário visam principalmente orientar melhor o respondente e evitar questionamentos repetitivos. “Um dos grandes objetivos do próximo ano, além de fazer esse ajuste nas perguntas, é incentivar mais as grandes empresas do setor a participar, como fez o Atacadão em 2020, que voltou a fazer parte do levantamento”, afirma Oscar Attisano, superintendente executivo da ABAD.

Os números do Ranking são apurados a partir de dados fornecidos voluntariamente por empresas do setor associadas à ABAD e analisados pela consultoria Nielsen, em parceria com a FIA (Fundação Instituto de Administração).

O estudo do Ranking é um dos mais importantes serviços que a ABAD presta ao mercado de distribuição. Quanto mais empresas envolvidas, mais consistente e mais relevante se torna esse estudo, e mais úteis são as informações para a tomada de decisões estratégicas por parte dos empresários e gestores do setor.

“Quanto mais conhecemos o setor, mais fortes nos tornamos, e mais adequadamente podemos trabalhar pelo desenvolvimento dos negócios e de toda a cadeia de abastecimento. Por isso, é tão importante a participação de todas as empresas, representando os diferentes modelos de negócios – distribuidores, atacadistas de entrega e atacadistas de autosserviço”, complementa Oscar.

O formulário do Ranking é totalmente informatizado, fácil e rápido de preencher. A partir do dia 4 de janeiro de 2021, a pesquisa já estará disponível no site da ABAD.

Programe-se desde já e participe! Sua contribuição é fundamental.

Fonte: ABAD

About Hugo Barbosa

Read All Posts By Hugo Barbosa